18/10/2008

Marta ex-Suplicy relaxou e gozou o outro candidato, acreditando que preconceito só há na casa do vizinho. Marta é carreirista de idéia fixa: a carreira, a carreira. Quando deputada federal, para atrair o voto de homossexuais, foi autora de projeto de lei instituindo casamento de pessoas do mesmo sexo. Elite é semialfabetizada, isto é clássico. A deputada não sabia que era inconstitucional, a matéria não podia ser feita através de lei. Bob Jeff, o onipresente, a socorreu: apresentou substitutivo criando a figura da união estável. Coerência em país de metamorfoses ambulantes é coisa que só cabe no álbum de fotos da avó, ali, ao lado da imagem miúda do Prestes.
.
Eduardo Paes é um garotinho. Cria do maluco-beleza do Piranhão. DEM era só, má, onomatopéia. Carreira, para ele, é uma trilha de réptil. Se escondeu uns tempos no PSDB, aquele partido socialista de bosta, onde chegou a relator-adjunto da CPI do mensalão. Chamou Lula de chefe de quadrilha, de quem acaba de lamber a mão e mendigar apoio político. Chefe de quadrilha é com ele mesmo. Juntou-se a outro, garotinho, cabralzinho, de quem foi secretário de esportes. Fácil entender: o Pan se avizinhava. Catapulta era o nome do brinquedo. Candidato do governador a prefeito. Novo refúgio, PMDB. Sua história se escreve por siglas. No returno vai ser de goleada: é fácil decidir em quem votar se há candidato apoiado simultaneamente pelo PT e pelo cabralzinho.

19 comentários:

Anônimo disse...

... novos-velhos capítulos para o atlas de nossa história...

Beijos, carinho,
AdéliaTheresaCampos

Cá te espero disse...

Já arrumou as malas?

Anônimo disse...

eu só sou vítima de um sentimento raivoso

põe tudo debaixo do tapete disse...

Fico imaginando como deve ser o esporro da Marta no Supla:

- É casado? Tem filho? Então fica quietinho, se não vou contar tudo pra todo mundo.

tapete persa disse...

o Senador Suplicy:

- Sou casado. Tive um filho. Só que não sei quem é o pai...

a política realmente é muito suja disse...

Marta obra no pau e diz, ao olhar a obra: q pau sujo!

eugenia brega disse...

"Minha propaganda apenas fez referência ao DNA político do candidato, e não à sexualidade dele".

Dercy Gonçalves da elite disse...

Você é casado, porra? Tem filho, caralho? Nós vamos ganhar, viado!

sem preconceito geográfico disse...

Aê gente boa de Minas, pergunta pro Aécio:

É casado? Tem filho?

com ideologia é + barato disse...

O filósofo de Garanhuns:

"Temos que fazer que nem as Casa Bahia. Bater palma e vender um produto"

Assim é a vida disse...

"Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto."

Marie Tourvel disse...

Que post bem feito, querido...
O que vai cantar pra mim mesmo? ;)
Bisous!

Lela disse...

Taí um texto para os 15 segundos do Fantástico.
Abraço, querido.

Crys disse...

Depois eu que sou a preguiçosa... bora trabalhar, bora atualizar... só quer saber de sentar no colo da estágiaria.

alpercata apertadinha disse...

Sem nexo né, sem graça né, mas o texto é meu... Aderi bravamente a ala do anonimato: é quase amor, tá? me espera de sunga... Enquanto isso, me localiza no feed, ok?

Line disse...

kassab e gabeira neles

Cherry disse...

Não a toa, estou com a Line.
Esquece a Marta, a barrada no Céu.
Pensa: kassab, kassab, kassab (slap, slap, slap, slaaaaaaaaap...)

velho barreiro disse...

Feraom feita tantafi midida qui forim nefefaria. Num pofo é ficá preocupadu cum ufi gritu da oposiçaom purque tudu u qui a oposiçaom deseja é qui u Brafil entri im uma crifi profunda pra elefi tere ravão nu dificusso delefi.

vizinhos do planalto disse...

Fala baixo, fanfarrão!